Monthly Archives: March 2011

Entry #11

“Why does an interrupted song or an uncompleted story frustrate us? Because of our urge for form. We realize that the system of relationships within the work has not yet been completed.” -Bordwell and Thompson, “The Significance of Film Form”, … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Entry #10

“Você já pagou essa promessa, Zé. Não é sua culpa se há gente sempre disposta a ver demônios em toda a parte, até mesmo naqueles que estão do seu lado e que odeiam também o demônio.” –Rosa, “O Pagador de … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Entry #9 3/10/2011 Portuguese 339

“Em primeiro lugar, mesmo admitindo a intervenção de Santa Bárbara, não se trataria de um milagre, mas apenas de uma graça. O burro podia ter-se curado sem intervenção divina.” –Padre, O Pagador de Promessas, Dias Gomes, p. 51 Zê-de-burro é … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Entry #8, Aula Portuguesa 339

“O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes, a vida presente.” Carlos Drummond de Adrade, “Mãos dadas” Para mim esta citação quer dizer que o autor procupa-se mais com ser um poeta de vida real, sem … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment