Entry #10

“Você já pagou essa promessa, Zé. Não é sua culpa se há gente sempre disposta a ver demônios em toda a parte, até mesmo naqueles que estão do seu lado e que odeiam também o demônio.” –Rosa, “O Pagador de Promessas,” Dias Gomes, p. 120

Muitas pessoas fazem boas obras sem receber reconhecimento nem glória dos outros. Há muitos que ajudam outras pessoas que não merecem ajuda, e fazem por muitas razões diferentes. Zé quer mostrar a fielidade dele a Santa Bárbara, até ele acha que ela o abandonou. No fim, ele quer cumprir a promessa porque ele fez a promessa, e ele acha um ato assim sagrado. As vezes eu faço boas coisas para outros sem querer glória nem reconhecimento. Mas talvez eu faço muitas coisas porque assim sou prometido glória numa vida depois desta. E há muitas outras pessoas religiosas que sabem que vão receber bênçãos por fazer boas obras. Mas em minha opinião a obra e intenção mais pura é fazer boas obras só porque são bons para fazer. Talvez fossemos ensinados sentir bom depois de ajudar outros, ou fossemos ensinados pensar que honestidade é um virtude para cultivar. De qualquer maneira, eu acho que uma pessoa como Zé-do-burro, que faz o que ela acha justa sem a aprovação dos outros é uma coisa admirável (se for um ato justo).

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s